Por que você não pode deixar de experimentar os famosos gelatos italianos em Roma

Chegamos em Roma no dia 31 de dezembro de 2016 pela manhã, empolgadíssimos para passar o ano novo na cidade eterna. Mal sabíamos nós naquele dia que não só o ano novo na cidade nos empolgaria, mas também os deliciosos gelatos. Esquece a maioria dos sorvetes que você compra no Brasil ou esqueça aqueles sorvetes americanos com sabores bem extravagantes (ou melhor, artificiais).

Em Roma, o sorvete chega a um nível muito acima de tudo que já tinha experimentado antes e é por isso que, ao passar por lá, o gelato deve fazer parte de seu roteiro pela cidade. Digo mais, não será nada difícil encontrar gelaterias em Roma. Há muitas delas em qualquer lugar, mesmo! E elas ficam abertas até tarde, 1h ou 2h da manhã. Sim, a melhor gelateria na nossa opinião fica aberta das 7h-1h30min todos os dias do ano (depois revelo qual é!). Então, oportunidade não vai faltar para experimentar essa delícia, uma vez que dificilmente você encontrará esses locais fechados.

Nós experimentamos muitos e muitos gelatos em Roma. Muitos. Para ter uma ideia ficamos 8 dias na cidade e, em cada dia, comíamos 3 a 5 gelatos. Não importava o horário nem a temperatura (era inverno, e as temperaturas oscilavam entre 10ºC e -2ºC). O fato de ter gelato em qualquer lugar nos fazia sempre parar para comprar mais um e mais um e mais um… No final das contas escolhemos dois locais cujo gelato era diferenciado, tanto na consistência quanto na intensidade do sabor. E das dezenas de gelaterias que frequentamos duas chamaram mais a nossa atenção.

A melhor segundo a nossa opinião:

GIOLITTI: Sim, Giolitti é praticamente uma atração de Roma. Você simplesmente não pode deixar de experimentar um sorvete de lá. E agora você deve estar pensando “Deve ser muito caro”. O pior é que também pensávamos isso. Mas só até pisar lá. Pedimos um copo pequeno com 3 sabores e saiu €3,50. Nada caro para os padrões europeus e, se convertido o valor para reais, se aproxima muito ou até é inferior a muitas (ditas) gelaterias no Brasil. Que não chegam perto da Giolitti, não.

Numa outra vez em que estivemos lá pegamos um pote pequeno com 3 bolas de sorvete e um creme especial deles (que vai por cima do sorvete) simplesmente sensacional. Como o pote era maior e fomos servidos na mesa (o que em muitos lugares da Europa exige um pagamento extra), pagamos €7,00, mas achamos que valeu a pena, porque veio MUITO sorvete. Mal conseguimos comer o pote inteiro mesmo dividindo entre nós dois. Sem falar que o chocolate quente de lá também era muito gostoso. A cioccolata calda italiana costuma ser daquelas bem cremosos, bem consistentes e de gosto muito marcante. Em outros países da Europa não encontramos outro igual (a não ser em Paris – assunto para outro post).

Onde fica? Via Uffici del Vicario, 40 – Roma – (Tem Wi-Fi!)

Ponto de referência: A Giolitti fica bem pertinho do Palazzo Montecitorio, que é a câmera dos deputados italiana, então caso passe por perto, não deixe de procurar a Giolitti.

Sabores que você não pode deixar de experimentar: Pistacchio (o clássico dos clássicos dos sabores de gelato, você encontrará em qualquer gelateria e dificilmente será ruim), Gianduja (com nozes), Gnutella (sabor MUITO fiel à Nutella). E claro não se esqueça de pedir o creme em cima, vale a pena!

Giolitti por dentro
O sorvete e tiramissú (já destruídos) e a conta

Outro destaque:

Gelateria Santa Maria Maggiore: O primeiro gelato que comemos. Ficamos encantados. Comemos horas antes do ano novo em Roma e naquele dia a gelateria ia ficar até 3h da madrugada. Sim. Quando eu digo que você dificilmente ficará em Roma sem gelato, eu não estou brincando. O horário normal de funcionamento dela é 12:00-00:00.  Foi nessa gelateria que descobrimos que o sabor Pistacchio é o tradicional do tradicional nos sorvetes (já gostávamos no Brasil, mas não sabíamos que lá o pistache é o rei de qualquer sobremesa por lá). O preço lá como na maioria das sorveterias de Roma não foi alto. €3 um pote médio com dois sabores.

Vitrine de Gelatos
Mais relatos!

Lembro que quando chegamos lá pela primeira vez nos surpreendemos com a apresentação dos gelatos nas vitrines. Simplesmente eles levam gelatos muito a sério lá. Então caso você seja um doido por sorvetes como eu, você vai amar Roma. Afinal, quem não gosta de juntar o comer bem com uma bela cidade, hein?

Onde fica? Via Cavour, 93, 00184 Roma, Itália.

Ponto de referência: Como o próprio nome diz fica pertíssimo da Basílica Papal Santa Maria Maggiore (atração obrigatória da cidade).

E aí? Se convenceu a passar uns dias na cidade eterna?

Gostou? Quer nos contar sua experiência de viagem? Deixe um comentário!