TOP 10 cidades que visitamos na Europa Central

1- Roma

Castelo Sant’Angelo, uma ótima atração da cidade eterna

Roma merece o primeiro lugar por diversos e bons motivos. Clima bom (sol o tempo inteiro deixando os dias de lá muito lindos), comida boníssima (pizzas maravilhosas e gelatos deliciosos) e paisagem muito charmosa. Roma é capital da Itália, mas não é invadida por prédios gigantescos e luxuosos, muito pelo contrário. O que predomina são ruas estreitas de pedras e muitas, mas muitas alusões ao Mundo Antigo. Definitavemente Roma é o lugar para os amantes da História. A cada esquina, encontramos ruínas, construções do Império Romano e Igrejas muito antigas (pare em todas que você ver pelo caminho!). Tudo em uma só cidade. Nos apaixonamos completamente por Roma. Se você gostou de tudo que falamos que ela oferece, você também se apaixonará. Partiu?

2- Londres

Kensington Palace

Londres é uma cidade completa. Muitas vezes me pergunto como uma cidade pode reunir tudo que Londres reúne. Londres tem realeza, tem palácios e castelos reais. Londres tem prédios altíssimos e moderníssimos com arquitetura das mais malucas. Londres tem bairro com carinha de interiorano (Hampstead). Resumindo, Londres tem tudo. E para todos os gostos. Ficamos oito dias em Londres e basicamente nos mantivemos ocupados por todos esses dias. Isso porque Londres tem muita coisa legal para fazer. Desde subir na London Eye, ir à Casa do Sherlock Holmes, se apaixonar pelas livrarias com obras antigas da Charing Cross Road, assistir estupefato à troca da Guarda Real, ter uma vista linda de Londres a partir de Hampstead… Então, que tal nas próximas férias fazer uma visita à Rainha?

3-Paris

Vista da famosa Notre Dame de Paris

O clássico. Não dá para passar pela Europa Central e não visitar essa cidade. É uma cidade lindíssima e que rende passeios lindos à noite (fica a dica). Além disso, os museus de Paris são imbatíveis. Os melhores. E não é só o Louvre que se destaca não. Na verdade, se você gostar de qualquer época da arte você terá o museu parisiense certo para você. Se você ama antiguidades, o Louvre. Se ama Arte Impressionista, você não pode esquecer do Musée d’Orsay, e se curte arte moderna e contemporânea, o Georges Pompidou (Beauborg) é referência mundial. Além disso, Paris tem monumentos extraordinários. A famosíssima Tour Eiffel não pode ficar fora do seu álbum de fotos, e o Arco do Triunfo deve ser parada obrigatória no final da famosíssima Champs Elysées. Paris também é ótima para fazer compras, e possui lojas para os mais variados bolsos. Bora para a Cidade Luz?

4- Praga

Ponte Carlos, uma das pontes mais famosas do mundo

Que cidade! Foi talvez a maior surpresa da viagem. E não é pra menos. Arquitetura belíssima, ótima agenda cultural (vimos três apresentações culturais lá) e baixos preços (comparados aos outros países a que fomos). E mais, come-se muito bem lá. Sem pagar muito. Tivemos a oportunidade, por exemplo, de comer em um restaurante de luxo por cerca de €60/casal, o que nas outras cidades é impossível. Praga também é uma cidade descolada. A gama de restaurantes dos mais diversos tipos de culinárias e temáticas nos encantou pra valer. Sem contar que foi lá que conhecemos trdelnik, que com certeza foi um dos melhores doces que comemos na viagem. Foi paixão à primeira vista! E aí? Que tal?

5- Edimburgo

Calton Hill, um lugar lindíssimo em Edimburgo

Uma capital com um climaaa de interior. Na Escócia nos sentimos assim. Assumimos que temos uma paixão platônica por Edimburgo desde a época de preparação da viagem. E não nos decepcionamos não. Encontramos paisagens incríveis por lá e até joias escondidas que merecem ser visitadas (falaremos disso em um próximo post). Edimburgo merece ser conhecida a pé. Com raras exceções usamos transporte público. Desde a visita na atração mais famosa (Castelo de Edimburgo), até a subida a Arthur’s Seat (nem sempre feito pelos turistas), Edimburgo encanta. Você encontrará diversas alusões ao Whisky e ao cashmere escoceses, além do kilt e da gaita de fole, mas Edimburgo vai além. Quem sabe um lugar diferente, hein?

6- Amsterdam

Programa imperdível em Amsterdam: andar de bicicleta

Famosa por ser a cidade das bicicletas. E será que isso é verdade? Sim, muito! Decidimos então entrar no clima da cidade e se deslocar pela cidade principalmente de bike. Saíamos de Zeeburg, bairro mais afastado onde nos hospedamos (lindo bairro por sinal). Íamos até as atrações sempre de bicicleta, e chegávamos bem rápido. Além disso, o passeio era bem mais agradável do que utilizar o transporte público. E cidade das tulipas, é mesmo? Siiim! Havia muitas e muitas. Amsterdam também é palco para muitos museus ótimos, como o Van Gogh Museum e Rocco Museum (onde estava tendo uma exposição de Dalí e Banksy). Também não deixamos de visitar o diferente, como a Red Light District. Amsterdam é uma cidade jovem, efervescente. E aí, se empolgou? Só vai!

7- Viena

Staatsoper, a ópera estatal de Viena

Cidade da música. Sim, com certeza. Viena nos encantou muito pela arquitetura e pelas lindas construções. Mas muito, também, por sua agenda cultural. Nunca havíamos ido em uma ópera, nem no Brasil nem em qualquer outro lugar do mundo. Em Viena, resolvemos assistir a uma ópera e a uma apresentação de ballet na famosíssima Staatsoper. Não deu outra, viciamos no programa. Ficamos completamente encantados com a produção dos espetáculos e com a expertise de quem se apresentava lá. Portanto, não deixe de assistir a um espetáculo nessa charmosa cidade. Divirta-se!

8- Munique e seus arredores

Olympiapark em Munique

Visitamos não somente Munique e seu centrinho charmoso. Visitamos, também, atrações obrigatórias nos arredores da cidade, como o campo de concentração de Dachau, na cidade de mesmo nome e os castelos Neuschwanstein (sim, o castelo da princesa) e Hohenschwangau, na cidade de Schwangau. E aí para quem gosta de neve, é o paraíso. O cenário é de tirar o fôlego, então vá com um bom equipamento para tirar fotos! Simplesmente inesquecível no período do inverno. Uma das paisagens mais bonitas da viagem. Vale a pena a subida! Não se esqueça de ir, também, à famosa cervejaria Hofbrauhaus (a cerveja de lá é sensacional!). E aí, bora tomar uma?

9- Veneza

Basílica de São Marco na Praça de São Marco, famosas atrações de Veneza.

A eterna cidade dos canais. Uma cidade que te surpreende desde o começo (como podem fazer tudo através da água?) e que te cativa pelas belas paisagens. Ao sair pra passear, não deixe de ter sempre um dispositivo que tire fotos, porque Veneza é simplesmente fotogênica. Não há muitas atrações indoor, pois a atração é a cidade em si. Andar de gôndola é uma experiência incrível e única. Ter um barco como transporte público também não é nada comum. Se você quer algo diferente, Veneza é o lugar certo para você!

10- Florença

Catedral de Santa Maria del Fiore

A cidade que respira arte. Quem não conhece artistas como Leonardo da Vinci e Michelângelo? Qual outra cidade possui um período artístico que recebe seu próprio nome e é referência mundial? Florença sem dúvidas possui uma história invejável. E uma paisagem muito bonita que rende ótimas fotos em qualquer lugar da cidade a qualquer hora do dia. Não deixe de ir aos museus e galerias mais famosas, como a Galleria degli Uffizi. Também não deixe de ir a uns segredinhos, como o Mercato Centrale, que é imperdível. E aí… Que tal um programa na Toscana, hein?

Você tem o ranking das suas cidades preferidas também? Então compartilhe com a gente!

Comentários

  1. Alessandra

    Europa toda é linda, cada cidade, país com suas particularidades e cultura. Essa lista seria bem parecida com a minha, alterando, talvez o ranking e substituindo Viena, que não conheço, por Berlin/Potsdam. Londres está no topo das minha lista seguida de Berlin e Potsdam, cidades que me acolheram muito bem enquanto moradora, já são segunda casa! E por último eu tbm colocaria Rouen na Normandia/França, cidade da Joana D’arc! Uma das cidades mais medievais que vi!! Ahhhh…São tantos lugares, tantas histórias e vc só ama cada vez mais viajar!!! Belo blogs pessoal!! Fico repassando as minhas aventuras ao ler os posts!! Parabéns! 🙂

    1. Post
      Author
      filosofiadeviajante

      Obrigada, Ale! A Europa realmente é maravilhosa, muita coisa pra se ver, muita história… Conhecemos Berlim, mas nossa experiência, infelizmente, não foi tão positiva. Já ouvi falar muito bem de Potsdam, mas não chegamos a visitar (fica pro futuro hehe). O mesmo vale para Rouen. Continua compartilhando tuas experiências com a gente 😉

  2. Pingback: Como assistir a uma missa do Papa no Vaticano » Filosofia de Viajante

  3. Pingback: Europa Ocidental: quantos dias passar em cada cidade e por quê » Filosofia de Viajante

Gostou? Quer nos contar sua experiência de viagem? Deixe um comentário!