Nossa experiência com os chocolates belgas (e as chocolatarias de que mais gostamos!)

Ficamos apenas um dia na capital da Bélgica, assumimos que foi pouco tempo. Mas algo que aproveitamos demais enquanto estávamos lá foram os chocolates. E não é difícil fazer isso não. Há muitas e muitas chocolatarias no centro turístico da cidade. Lá se leva a produção de chocolates muito a sério. Fomos, dessa maneira, verificar porque os chocolates belgas são tão famosos em todo o mundo. Visitamos as lojas mais tradicionais da cidade:

GODIVA

Loja da Godiva

Há simplesmente 6 lojas na cidade. Escolha o lugar que mais lhe agradar. Nós fomos na “Les Galeries Royales Saint-Hubert”, uma espécie de shopping center com muitas e muitas lojas de chocolate (seria esse o sinônimo de “paraíso na terra”?). Lá todas essas lojas que lhe recomendaremos estarão concentradas em um só espaço. Na Godiva nós recomendamos que você pegue um chocolate quente e as trufas, além de chocolates que tenham um sabor que lhe agrade. Não hesite em pedir para experimentar os chocolates. Não corra o risco de sair com um chocolate que não lhe agrade! A Godiva é uma das maiores redes belgas de chocolates e das quatro lojas a que fomos, essa foi a melhor.

LEONIDAS

Loja da Leonidas

Há nada mais nada menos que 20 lojas na cidade. Portanto não será nem um pouco difícil comprar seus chocolates. A Leonidas não possui loja na “Les Galeries Royales Saint-Hubert”, então você vai ter que comprar em uma loja na rua mesmo. Para nós, o chocolate de lá, apesar de bom, perdeu para os outros que experimentamos. O gosto era menos intenso e marcante. As trufas eram deliciosas. Tomamos um chocolate quente da Leonidas e consideramos a bebida ruim (para os padrões belgas, é claro). Mas vale muito a pena experimentar durante seu “tour do chocolate”.

PIERRE MARCOLINI

Há três lojas em Bruxelas. Tomamos somente um chocolate quente nesta chocolataria. Simplesmente delicioso! O ambiente também era bem mais refinado que o ambiente das outras chocolatarias. É um pouco mais “gourmet”, diríamos. Verificamos que na loja também havia macarons lindíssimos, mas não experimentamos. Vale muito a pena a parada para tomar um chocolate quente com um macaron ou uma trufa.

NEUHAUS

Vitrine da loja da Neuhaus
“Atelier” da Neuhaus

Essa marca possui 12 lojas espalhadas pela região central de Bruxelas. Tivemos a oportunidade de visitá-la na “Les Galeries Royales Saint-Hubert” e, além de comprarmos trufas e chocolates, tomamos um chocolate quente feito no “atelier” da chocolataria. Lá vimos uma fonte de chocolate derretido (acho que isso confirma que lá é o paraíso, né?) em que os funcionários misturavam ao leite e faziam seu chocolate quente. Uma delícia de bebida! Vale a pena passar nesse “atelier”, logo ao lado da loja propriamente dita. As trufas e chocolates da loja perdem um pouco para a “Godiva”, mas mesmo assim são muito deliciosos e cremosos!

Qual foi o melhor chocolate para nós? Godiva
E o “pior”? Leonidas
Qual foi o melhor chocolate quente? Do atelier da Neuhaus, nas Galeries Saint-Hubert
E o “pior”? Leonidas

No geral os preços das lojas não variaram tanto. Comprávamos algumas trufas e chocolates e costumava dar €7,8. É bom destacar que lá os chocolates costumam vir com recheio. E por isso eles costumam ter sabor mais intenso que os chocolates brasileiros. Peça para experimentar! Eles não costumam se incomodar com isso, não. Também tente experimentar diversos sabores e comparar os lugares entre si. Eduque seu paladar para comer chocolate (cá entre nós, isso não é nem um pouco difícil). E, sobretudo, divirta-se!

“Les Galeries Royales Saint-Hubert”

Ah, eu já ia esquecendo… Não deixe de nos acompanhar nas redes sociais

Facebook: www.facebook.com/filosofiadeviajante 

Instagram: www.instagram.com/blogfilosofiadeviajante

Pinterest: br.pinterest.com/fdeviajante/pins (temos uma galeria de fotos super especial esperando por você)

Gostou? Quer nos contar sua experiência de viagem? Deixe um comentário!