Roteiro de 1 dia em Blumenau

Apesar de morar em Florianópolis e gostar muito de viajar, poucas vezes tinha ido para a região do Vale Europeu e em nenhuma delas com o intuito de conhecer as atrações turísticas. É engraçado pensar que muitas vezes viajamos tão longe, mas nem sequer conhecemos as nossas cidades vizinhas. Aproveitei, então, o feriado de Corpus Christi para visitar várias cidades de colonização alemã, entre elas Blumenau. E me surpreendi com a organização da cidade. Logo que cheguei me deparei com vários folhetos que indicam os locais do “centro histórico da cidade”. Tudo muito bem explicado e ilustrado. Passamos um dia inteiro na cidade e visitamos diversos museus, igrejas e construções. As influências alemãs estão presentes tanto na arquitetura das construções quanto na cultura do povo da cidade. Nesse post apresentaremos algumas  das atrações que recomendamos a quem quiser conhecer um pouco desse cantinho europeu em Santa Catarina.

Placa indicando as atracões do centro histórico da cidade
“Sou bem Blumenau” em frente ao Teatro Carlos Gomes

Museu da Cerveja

Interior do Museu da Cerveja

Um museu modesto no seu espaço e no seu acervo, mas que vale a sua visita. O museu possui um acervo rico que  remonta a história dos mais de 6 mil anos da bebida em todo o mundo. São objetos que referenciam a indústria e a cultura cervejeira, bem como as memórias referentes à esta bebida. Você verá os primeiros barris usados na famos Oktobefest, uma balança usada para pesar lúpulo com capacidade para 500 quilos, equipamentos de fabricação de cerveja, tinas de fermentação aberta, geladeiras movidas a gelo e moinhos de malte manuais. A entrada é gratuita.

Onde é? Rua XV de Novembro, ao lado da Praça Hercílio Luz

Horário:  Das 9hs às 18hs, de segunda a sexta-feira, e das 9hs às 17hs nos sábados, domingos e feriados.

Praça Hercílio Luz

A denominação atual da praça, aprovada em 16 de abril de 1919, foi uma homenagem ao Governador do Estado, Dr. Hercílio Pedro da Luz, cuja carreira política está intimamente ligada a Blumenau e a quem este município deve muitos melhoramentos. Nesta praça localiza-se também o Museu da Cerveja, o monumento em homenagem à fundação do município e o monumento Voluntários da Pátria, em homenagem aos soldados que representaram Blumenau na Guerra do Paraguai (1865-1870) e na 2ª Guerra Mundial (1939-1945).

Museu da História Colonial

Museu da História Colonial

O melhor museu da cidade. A organização desse museu nos surpreendeu. Desde os profissionais que nos receberam e nos orientaram  na nossa chegada até os ótimos áudio-guias do museu. .O Museu da Família Colonial é constituído por um complexo de três casas tombadas pelo Patrimônio Histórico do Estado de Santa Catarina. Ele foi criado em 1967 para guardar e preservar a cultura material de diversas famílias blumenauenses. Uma das casas foi a residência do comerciante e cônsul da Alemanha em Blumenau, Victor Gaertner. Já a segunda, de 1920, era residência de Reinoldo Gaertner, sobrinho-neto do fundador da Colônia. A terceira e mais antiga residência existente na região do Vale do Itajaí, foi moradia do imigrante alemão Hermann Wendeburg, secretário e guarda-livros de Dr. Hermann Blumenau, o fundador da cidade. Todas as três casas estavam muito bem conservadas. O preço dos ingressos é R$5,00 ( há meia-entrada para estudantes e professores).

Horários: Terça a domingo, das 10h às 16h

Onde é? Rua Alameda Duque de Caxias, 78 – Centro, Blumenau – SC

Museu de Hábitos e Costumes 

Coleção de brinquedos do museu
Interior do museu

É um museu formado inteiramente pela coleção da blumenauense Srª. Ellen Weege Vollmer, que guardava objetos diversos desde os seus 13 anos. Expõe artigos de vários universos: das vestimentas, da costura, dos brinquedos, ilustrando como é  morar e viver em Blumenau desde o final do século XIX. São peças de roupas masculinas e femininas, chapéus, sapatos, bolsas, acessórios diversos, brinquedos e objetos de uso doméstico. O valor do ingresso é R$5,00 (há meia entrada para estudantes e professores).

Horários: Aberto de terça a domingo das 10h às 16h, inclusive feriados.

Onde é? Rua XV de Novembro, 25 – Centro

Rua XV de Novembro

Castelinho da Havan
Teatro Carlos Gomes

Um dos passeios mais turísticos de Blumenau. Aqui eu recomendo que você percorra tudo a pé porque nessa região costuma haver muito trânsito. Além disso, há muito o que ver nessa parte da cidade, logo você precisará parar em vários pontos dessa rua para apreciar as atrações. Aqui você encontrará a catedral da cidade, o prédio da Prefeitura, Teatro Carlos Gomes e o castelinho da Havan ( que possui arquitetura enxaimel, assim como a prefeitura). Além disso, quem visitar a cidade em outubro vai assistir os seis desfiles principais da Oktoberfest nesta rua!

Catedral São Paulo Apóstolo

Sino da Catedral

Interior da Catedral

Inaugurada em 1958 e projetada por Gottfried Boehm, ela foi construída em granito vermelho e seus vitrais foram feitos para exibir belos efeitos de iluminação em seu interior. Acima da entrada principal, é possível avistar esculturas em cedro representando Jesus Cristo, Nossa Senhora, São José e o Cordeiro Pascal – símbolos da família, do perdão, da comunidade e do sacrifício. Uma catedral imponente no centro da cidade. Impressiona muito pela grandeza e pela modernidade da arquitetura. Vale uma visita ao caminhar pela Rua XV de Novembro. No lado de fora da Igreja há uma gruta super simpática. Não deixe de passar por ela!

Onde é? Rua XV de Novembro, no centro da cidade.

Prefeitura Municipal de Blumenau

Uma construção enxaimel que chama a atenção dos visitantes na chegada à cidade. Á frente da construção há uma praça, onde o visitante pode aproveitar para tirar fotos enquanto contempla a paisagem. Aí você também encontrará jardins bem-cuidados que abrigam a primeira locomotiva que circulou pela região. Na época do Natal, a prefeitura fica ainda mais exuberante! Aproveite também para passear a pé pelas margens do rio Itajaí- Açú e conhecer mais cantinhos do município!

Onde é? Rua VX de Novembro, no centro da cidade

Vila Germânica

Interior da Vila Germânica

Você deve estar se questionando o seguinte: tem algo para fazer na Vila Germânica fora da época da Oktoberfest? Tem sim! E muito! Eu também não sabia mas nesse espaço funcionam vários restaurantes, bares e lojas. O ano inteiro. Quando visitamos o lugar, nos deparamos com várias pessoas almoçando, tomando sua cervejinha ou mesmo comprando um souvenir de Blumenau numa das várias lojas que lá existem. O clima de Alemanha é predominante, afinal o lugar foi inspirado em uma típica vila alemã. Bandas tocando músicas alemãs e uma abundância de chops de todas as marcas. Lá também havia um café colonial típico alemão. Por isso se você for em Blumenau em outros meses do ano, não deixe de aproveitar esse pedacinho de Alemanha no Brasil!

Horários importantes: Os estabelecimentos do Empório Vila Germânica funcionam todos os dias (incluindo finais de semana e feriados). Os pontos gastronômicos funcionam das 11h às 23h. As lojas funcionam das 10h às 20h de segunda a sexta-feira e das 10h às 18h aos sábados, domingos e feriados. Já os cafés abrem de segunda a domingo das 8h às 21h

E aí? Já viajou para Blumenau? O que acha da cidade?

Esse post te ajudou? Tem alguma dúvida? Então escreva nos comentários abaixo 😉

Ah, eu já ia esquecendo… Não deixe de nos acompanhar nas redes sociais

Facebook: www.facebook.com/filosofiadeviajante 

Instagram: www.instagram.com/blogfilosofiadeviajante

Pinterest: br.pinterest.com/fdeviajante/pins (temos uma galeria de fotos super especial esperando por você)

 

Gostou? Quer nos contar sua experiência de viagem? Deixe um comentário!