Dicas preciosas para arrumar sua mala de viagem

Viajar é quase sempre uma experiência maravilhosa, que começa muito antes da hora do embarque. Isso porque antes vem a fase de planejamento. É preciso saber o itinerário, os custos e a [muitas vezes] temida organização da mala de viagem. Sendo ela de rodinhas ou mochilão, a verdade é que essa etapa sempre exige muita organização. Eu e o Henrique gostamos de usar nosso mochilão de 60L da Quechua (para usufruto de nós dois) e como o espaço é restrito, só levamos o que é estritamente necessário para o tempo de viagem. Aqui vão alguns macetes para tornar essa preparação mais fácil:

1- Escolha a mala que você vai levar. Considere que a mala de rodinhas atrapalha um pouco no deslocamento entre cidades e países, principalmente quando há calçadas e escadas a serem percorridas. Mas, se você for usar táxi na maioria das vezes, esse problema já se torna bem menor. E para quem tem problemas de coluna, pode ser uma boa opção. Já o mochilão é mais flexível para as andanças a pé e de transporte público. Além disso, não incomoda em calçadas e escadas.

Nossa companheira de andanças: uma Quechua 60L

2- Faça um check-list, definindo o que você vai levar na mala despachada e o que vai na bagagem de mão. Leve em consideração se você vai ou não lavar as roupas em lavanderias. Eu e o Henrique sempre preferimos levar menos peças de roupa e nos programarmos para irmos às lavanderias com uma certa frequência. Se você alugar um apartamento numa plataforma como o AirBnB, é possível que tenha máquina de lavar e por vezes até secadora (alguns hotéis também oferecem esse serviço, mas geralmente à parte). É por esse motivo que levamos roupas mais velhas, que possam ser lavadas sem aquele cuidado que temos quando em casa.

Exemplo: Para uma viagem de 27 dias no inverno, cada um de nós leva 7 camisetas, 1 calça, 10 peças de roupa íntima, segundas peles de cima e de baixo, touca, luvas, cachecol, 4 pares de meias grossas e 2 de meias finas, remédios de uso casual, líquidos com mais de 100ml e cortantes (barbeador, cortador de unha). Tudo isso na mala despachada. Na mala de costas não esqueça de levar o fleece e o casaco Hyvent (para que você possa acessá-los logo que chegar no destino), itens de higiene diária (desodorante de até 100ml, pasta de dente de até 100ml, pente, escova de dentes, remédios de uso contínuo e, eventualmente, paracetamol – em caso de dor no percurso) e eletrônicos (celulares, câmeras fotográficas e seus respectivos carregadores). Tudo vai depender do que você usa no dia a dia e acha indispensável. Portanto, desapegue: antes de levar qualquer coisa, pense se você realmente vai usar aquilo ou se só está levando “caso precise”.

3- Separe tudo o que for levar e coloque em ziplocs (aqueles saquinhos que fecham, vendidos em casas de embalagem) de diferentes tamanhos. Isso porque eles armazenam bem, compactam o conteúdo e organizam de forma que a mala se mantenha arrumada mesmo com o movimento.

4- Ao final do processo, confira se os itens que você colocou no check-list estão nas malas. Se possível, faça uma dupla conferência.

5- Depois que a mala estiver fechada, coloque um cadeado tipo TSA (que pode ser aberto em uma inspeção sem que precise ser quebrado) e amarre fitas coloridas nas alças, para que ninguém pegue sua mala enganado.

Nossas fitas chamativas
Nossa fita rosa (acredite, vamos andar com essas fitas penduradas no nosso mochilão…)

6- Quanto aos documentos, sempre gosto de colocá-los em pastas. Nessas pastas ficam papéis de seguro viagem, bilhetes de avião, transportes internos, comprovantes de reserva de hospedagem e quaisquer outros documentos importantes. Estes sempre vão na mala de mão. Sempre!

Burocracia faz parte de uma viagem: seguro, certificado internacional de vacinação, cópia do passaporte em caso de extravio, cópia das reservas de hospedagem, passagens aéreas e por aí vai

7- O dinheiro de viagem, cartões e passaportes vão em nossos porta-dólares. Estes são muito bons e seguros, porque ficam colados ao corpo e portanto, são mais difíceis de serem roubados. Nós usamos eles em todas as viagens e sempre funcionou muito bem.

Não repare na nossa grana…

Preparamos um check-list de viagem para você, que já está planejando a próxima aventura. Nosso check-list é válido para qualquer estação do ano, portanto, se você for no inverno, por exemplo, não esqueça de levar os casacos e demais roupas apropriadas para essa época do ano! Você pode imprimí-lo e usá-lo como desejar! Enjoy it!

E aí? Gostou das dicas? Deixe um comentário para a gente 😉

Ah, eu já ia esquecendo… Não deixe de nos acompanhar nas redes sociais

Facebook: www.facebook.com/filosofiadeviajante 

Instagram: www.instagram.com/blogfilosofiadeviajante

Pinterest: br.pinterest.com/fdeviajante/pins (tem uma galeria de fotos especial lá)

Gostou? Quer nos contar sua experiência de viagem? Deixe um comentário!